Curso de Graduação em
Ciência da Computação

Sobre o curso

O Curso de Ciência da Computação da Universidade Federal de Viçosa caracteriza-se pela sua natureza interdisciplinar incorporando conhecimentos de diversas áreas, tais como Matemática, Física, Engenharia, Administração, Psicologia, Linguística, etc. O Bacharel em Ciência da Computação formado pela Universidade Federal de Viçosa possui sólida base de conhecimentos para enfrentar as frequentes inovações tecnológicas, produzidas pelo dinamismo dessa área. Profissionalmente, poderá atuar em desenvolvimento de sistemas computacionais (software), gerência de centros de processamento de dados, desenvolvimento de linguagens de programação e sistemas básicos, assessoria à tomada de decisão e atividades correlatas. Disciplinas oferecidas nas áreas de Pesquisa Operacional e Administração possibilitam uma visão global das diversas aplicações da tecnologia da informação no meio empresarial. Estará apto, ainda, a prosseguir os estudos na área de Ciência da Computação ou áreas correlatas e dedicar-se à pesquisa. O Curso de Ciência da Computação exige expressiva dedicação em trabalhos práticos, cumpridos nos Laboratórios do Departamento de Informática, equipados com máquinas de última geração. Além disso, por meio das disciplinas optativas, o aluno poderá direcionar seus conhecimentos para uma abordagem mais prática da Ciência da Computação ou aprofundar seus conhecimentos em disciplinas de embasamento, visando à carreira acadêmico-científica e ao ingresso em cursos de pós-graduação.

Reconhecimento:

Portaria do MEC N.º 1.847 de 08/10/1991
Renovação: Portaria do MEC Nº 22 de 12/01/2010
Renovação: Portaria do MEC N.º 286 de 21/12/2012
Renovação: Portaria do MEC Nº 1097 DE 24/12/2015

Autorização:

CEPE-UFV, Ata N.º 192 de 10/06/1985
Ano de início: 1986

Turno:

Turno: Integral – 40 vagas anuais

Metodologia

A aprendizagem transcende a necessária formação técnica e desenvolvimento de competências. Seu objetivo é contribuir para a formação de um cidadão imbuído de valores éticos que, com competência formal e política, possa atuar no seu contexto social de forma comprometida com a construção de uma sociedade mais justa, solidária e integrada ao meio ambiente.
Para atingir os objetivos propostos, formando profissionais qualificados, de sólida base técnico-científica, o curso de Ciência da Computação da UFV adota uma metodologia focada no estudante, visto como sujeito ativo e participativo do processo de ensino e aprendizagem. Essa metodologia valoriza os questionamentos, as ideias e as sugestões dos estudantes, de maneira a contribuir para que seu aprendizado esteja mais perto de formar cidadãos conscientes, ativos e construtores de novos argumentos.
O projeto pedagógico do curso incorpora atividades acadêmicas desenvolvidas por meio de aulas práticas e teóricas, que se caracterizam por:

1. Exigir uma sólida formação teórica em disciplinas da área de Matemática e Física;
2. Fornecer uma sólida formação teórica em Ciência da Computação;
3. Exigir, como parte das disciplinas de Ciência da Computação, trabalhos acadêmicos em forma de listas de exercícios que direcionam o aluno a situações novas e desafiadoras;
4. Exigir, como parte das disciplinas de Ciência da Computação, trabalhos acadêmicos em forma de projetos práticos a serem desenvolvidos nos laboratórios mantidos pelo DPI. Dependendo da complexidade envolvida, esses trabalhos podem ser desenvolvidos em grupos com número de participantes adequado;
5. Exigir, como parte de algumas disciplinas de Ciência da Computação, trabalhos acadêmicos que envolvam a integração de conteúdos de disciplinas oferecidas no regime de correquisito, como por exemplo, Engenharia de Software I (INF221) e Programação para Dispositivos Móveis (INF311);
6. Exigir, como parte de algumas disciplinas de Ciência da Computação, trabalhos acadêmicos que envolvam a solução de problemas reais apresentados por empresas conveniadas ao DPI;
7. Exigir, como requisito para graduação, um trabalho final de curso, caracterizado por um projeto bem formulado e desenvolvido sob orientação de um professor;
8. Exigir pelo menos duas participações nas disciplinas de seminários para apresentação de projeto e apresentação de resultados.

A formação científica e tecnológica dos estudantes está contemplada por meio da participação em Projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão. Para completar as atividades acadêmicas, o Departamento de Informática e a UFV oferecem aos alunos do curso de Ciência da Computação variadas oportunidades em atividades extracurriculares, tais como:

1. Desenvolvimento de projetos ao nível de Iniciação Científica, Ensino e Extensão. Os alunos de Ciência da Computação podem concorrer a bolsas em programas institucionais, como PIBIC, PIBEX e PIBID, oferecidos em parceria com o CNPq e a FAPEMIG;
2. Participação em ciclo de palestras, reuniões acadêmicas, seminários, workshops. O curso de Ciência da Computação promove, anualmente, um evento intitulado Semana de Informática. Este evento, que já possui mais de vinte anos de tradição, reúne profissionais e pesquisadores de empresas e universidades para discutir sobre temas atuais sobre área de Ciência da Computação, promovendo assim um intercâmbio de conhecimentos para os alunos.
3. Gerência e organização da Empresa Júnior No Bugs. Com supervisão de professores do DPI, os alunos de Ciência da Computação mantêm uma empresa júnior na área de informática, fornecendo-lhes um laboratório de aprendizagem prática do mundo empresarial real;
4. Monitoria em disciplinas e laboratórios. Os alunos podem candidatar-se a monitor de disciplinas ou monitor de laboratório que, além de ser uma atividade remunerada, enriquece seus currículos acadêmicos;
5. Atividades de estágio. Estágios remunerados são oferecidos por diversos órgãos e departamentos da UFV. Além disso, diversas empresas ligadas à área de computação na cidade de Viçosa também oferecem oportunidades de estágio que podem ser aproveitadas pelos estudantes. Convênios importantes, para esse fim, são estabelecidos entre as empresas e o DPI.

Atividades extracurriculares poderão ser registradas no histórico escolar dos estudantes, por meio de matrícula em disciplinas optativas criadas com esse propósito.
O projeto pedagógico não prevê o cumprimento de estágio obrigatório pelos estudantes. A experiência tem demonstrado que os estudantes, em sua quase totalidade, procuram essas experiências por conta própria. O oferecimento de oportunidades é sempre muito grande, uma vez que serviços de computação são exigidos em quase todas as áreas do conhecimento e de atuação profissional, e o número de profissionais disponíveis tem sempre sido insuficiente para atender a essa demanda. O registro das atividades de estágio no histórico escolar poderá ser feito usando as disciplinas optativas associadas a atividades extracurriculares, já citadas anteriormente.

Cursos de extensão

O Departamento de Informática oferece regularmente vários cursos de extensão na área de microinformática, contratando como professor, os alunos do curso de Ciência da Computação, supervisionados por professores do DPI.

Exemplos desses cursos de extensão são:

  • - Sistema Operacional Linux
  • - Web designer
  • - Java
  • - Programação para dispositivos móveis
  • - Programação para Internet
  • - Programação para microcontroladores

 

Participação ativa na Semana de Informática

Evento realizado anualmente pelo DPI, organizado com participação direta dos discentes. A Semana de Informática é também o forum de apresentação de trabalhos dos discentes que se destacaram por suas qualidades inovadoras ou de grande aplicação prática.

Carga horária e duração do curso

O tempo médio de duração do curso é de 4 anos, onde o aluno deve cumprir um total de 3200 horas/aula, sendo 2580 horas/aulas em disciplinas obrigatórias e 620 em disciplinas optativas. A carga horária das disciplinas obrigatórias inclui um projeto final de curso de 360 horas.
Além das disciplinas obrigatórias e optativas, o aluno poderá cursar disciplinas facultativas oferecidas pela UFV e aproveitá-las automaticamente como carga horária optativa. Este aproveitamento automático é limitado até um máximo de 210 horas.

SAIBA MAIS SOBRE A UFV

Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress